Home > Blog de Apoio e Recuperação > Como Escolher o Melhor Software de Backup Corporativo em 2022? As Melhores Soluções e Ferramentas de Backup Corporativo.

Como Escolher o Melhor Software de Backup Corporativo em 2022? As Melhores Soluções e Ferramentas de Backup Corporativo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
(33 avaliações, média: 4,61 de 5)
Loading...
Atualizado 4th janeiro 2023, Rob Morrison

data backup and recovery systems

Os diferentes componentes e a interoperabilidade de um sistema de backup podem determinar se ele é a solução certa para você

O guia gratuito para escolher o melhor software de backup de dados para o seu negócio

Embora possa ser raro, situações ou incidentes que podem levar à perda de informações geralmente surgem em algum momento em uma organização. Consequentemente, isso pode comprometer diretamente as funções da empresa, e se as perdas de dados forem pequenas (arquivos, tais como planilhas, documentos, apresentações, etc.) ou muito grandes (tais como terabytes de bancos de dados inteiros, repositórios de programas, imagens de computador, arquivos multimídia, etc.), os efeitos podem ser desastrosos.

Por essas razões, é vital que as empresas tenham mecanismos ou sistemas que lhes permitam se proteger contra eventos. Uma das estratégias mais óbvias e fundamentais é fazer um backup correto dos dados e informações usando aplicações que os armazenem em locais seguros para posterior recuperação, se necessário.

Além da proteção genérica das informações, quais características o software de backup ideal deveria ter? Se assumirmos que uma empresa típica organiza e processa um volume contínuo e crescente de informações, isso deve ser levado em conta na definição de planos de ação e estratégias de administração. Algumas características que um software de backup ideal deve ter são:

  • Ser confiável e garantir a execução de operações de backup e recuperação de forma integral e consistente, sem perda ou omissão de dados e informações.
  • Permitir que sua administração seja simples, mas completa. Para isso, deve ter utilitários ou ferramentas que sejam fáceis de usar e oferecem funcionalidades aos usuários com os conhecimentos apropriados, tanto para o gerenciamento de dados, como para a configuração, administração e monitoramento.
  • Ele deve ter a capacidade de se adaptar a ambientes heterogêneos, pois em muitas organizações é comum o uso de tecnologia e hardware de diferentes tipos, recursos e fabricantes, incluindo sistemas operacionais, aplicações e bancos de dados.
  • O software de backup e recuperação deve proporcionar às organizações a capacidade de crescer e se adaptar de acordo com as necessidades de informação de seus processos funcionais de operação, bem como aquelas derivadas das necessidades dos usuários. Observação importante: o crescimento não deve ser impedido por uma solução que se torna muito cara à medida que vai ficando escalável.
  • Facilitar a incorporação e implementação de tarefas específicas inerentes aos processos necessários para realizar um backup eficaz dos dados. Isso pode incluir: parar e iniciar serviços, criar e apagar arquivos, compartilhar informações, validar a execução de um programa, gerar alertas, entre outros.
  • Enviar notificações relacionadas à execução de processos de backup. Isso pode ser feito através de e-mails, sistemas de monitoramento, navegadores web, etc.
  • Permitir a configuração de diferentes níveis de backup que estejam de acordo com as políticas e janelas de operação de uma organização, com eficiência em termos de tempo, integridade e consistência de informações. Embora essa seja uma condição inerente a qualquer sistema de backup, os melhores tendem a facilitar a configuração e administração dos níveis de backup necessários e operações relacionadas.
  • O software deve fornecer as opções e elementos para executar várias instâncias simultâneas de backup e recuperação, embora isso dependa diretamente dos recursos e hardware disponíveis para essa atividade. Esses elementos devem ter a capacidade de serem automatizados e programados para que o processo seja executado de maneira eficiente e com tempo mínimo de execução, sem afetar a consistência ou integridade dos dados protegidos.
  • Permitir que o usuário administre os recursos de armazenamento onde as informações de backup são copiadas. Isso pode incluir discos, unidades de fita, autochangers, dispositivos de armazenamento em nuvem, dispositivos NAS ou SAN ou aplicações de armazenamento online.
  • Oferecer ferramentas para administrar os históricos de dados de backup, necessários para diversos fins, como por exemplo:
    • Obtenção de informações.
    • Regulamentações legais, seja da empresa ou de instituições autorizadas.
    • Conformidade com padrões de qualidade, como o ISO, ou metodologias, como o ITIL.
  • Permitir a interrelação com serviços públicos que possam consultar as informações dos backups, e dessa maneira gerar resumos e relatórios que possam ser usados nas empresas para diversas atividades, tais como planejamento de capacidade, gestão de dados, indicadores funcionais, e muito mais. A estimativa correta dos recursos garante a proteção das informações, e possibilita o crescimento da tecnologia e a adaptação às novas exigências funcionais e operacionais.
  • Fornecer mecanismos e processos que otimizem a execução dos backups, em termos de evitar a duplicação das informações nos dados armazenados nos dispositivos de backup. Isso é feito usando recursos de hardware e software, ou uma combinação de ambos.
  • O melhor software de backup deve permitir a integração com dispositivos móveis, celulares ou tablets, incluindo não apenas notificações, mas também serviços de administração e monitoramento. Com isso, os processos são simplificados, assegurando que a gestão seja feita de maneira produtiva e com resultados quantificáveis.
  • O uso de recursos tecnológicos em nuvem tem aumentado significativamente, tanto em serviços de hardware, aplicativos, sistemas operacionais, bancos de dados e armazenamento, como em benefícios e vantagens que proporcionam às organizações uma gestão potencializada da infraestrutura de TI. Portanto, uma empresa pode avaliar a computação em nuvem como uma opção válida e segura para a proteção de dados, já que ela permite a implementação de um ambiente de alta disponibilidade com níveis adequados de redundância.
  • O melhor software de backup de dados deve permitir que o usuário criptografe os dados de backup, a fim de garantir sua privacidade. Se levarmos em conta que vários dispositivos de armazenamento de acesso global e local podem ser usados, é essencial uma proteção integrada que proteja contra tentativas de ataque ou violação.
  • Assim como o uso de serviços em nuvem se tornou muito comum nas empresas, o uso da virtualização também aumentou significativamente, uma vez que ela permite uma administração e otimização mais rápida dos recursos, bem como a redução dos custos de hardware e implementação. Portanto, o melhor software de backup de dados deve suportar servidores em ambientes virtualizados, sejam eles uma imagem na plataforma, ou um computador em que o ambiente de virtualização esteja configurado e funcionando.

Todas essas características contribuem para proteger a infraestrutura e as plataformas de computador de uma empresa, incluindo sistemas operacionais, bancos de dados, dados de usuários e aplicações, para evitar perdas de dados potencialmente catastróficas que possam afetar seu funcionamento.

Explorar nossos produtosVer Glossário de Backup

Solicitação de Proposta e como ela funciona no setor de software de backup

Quando se trata de escolher os fornecedores, existe um método que as empresas usam frequentemente para decidir quais são as melhores soluções de backup corporativo para os interesses da organização. Esse processo é chamado de “Solicitação de Proposta” (RFP). Uma RFP bem definida permite às empresas evitar o desperdício de dinheiro e mão-de-obra na busca pela melhor solução de backup, em comparação com uma pesquisa manual em uma longa lista de softwares, e até mesmo os resultados finais são afetados por isso.

Uma solicitação de proposta é um documento específico que é usado para receber propostas de organizações que fornecem serviços ou produtos, que no nosso caso são os fornecedores de soluções de backup e recuperação. Um exemplo clássico do uso das RFPs é quando organizações governamentais buscam propostas de várias empresas de construção e empreiteiras, ou empresas sem fins lucrativos que procuram assistência na redação de propostas de subsídio, e assim por diante. Como uma RFP normalmente abrange uma grande quantidade de diferentes necessidades e modelos de compra, não existe uma maneira única de fazê-la. Mas, há algumas recomendações gerais e um esboço típico do processo. Há também algumas especificidades relacionadas às soluções de backup.

Todo o processo de montagem da RFP para soluções de backup e recuperação, pode ser dividido em quatro etapas:

  • Coleta de dados e preparativos;
  • Criação da RFP para soluções de backup e recuperação;
  • Preparativos para o processo de avaliação;
  • Avaliação e negociações com os provedores de soluções de backup e recuperação.

Coleta de dados e outros preparativos

Como mencionado, o processo geral varia dependendo do mercado-alvo, mas há uma boa base intermediária com a qual você pode trabalhar, e existem também algumas especificidades relacionadas com o backup. O primeiro passo consiste na reunião da equipe e no desenvolvimento da linha do tempo.

Reunir a equipe não é exatamente obrigatório, mas é altamente recomendado. Ajuda muito se, logo no início, todas as funções forem definidas, a fim de evitar confusões. Normalmente, existe pelo menos quatro tipos de função:

  • Uma equipe/gerente de projeto que se certifique de que todo o processo esteja ocorrendo corretamente e cumprindo todos os prazos;
  • As principais partes interessadas que revisarão tanto as minutas da RFP, quanto a versão final da mesma;
  • Criadores da RFP: aqueles que irão elaborar a solicitação de uma solução de backup e recuperação;
  • Revisores: funcionários que serão responsáveis pela análise da solicitação no final do processo.

Depois de formar a equipe em questão, é também importante estabelecer e fixar um cronograma para todo o processo, desde a data em que o primeiro rascunho for concluído até o momento em que você deixará de aceitar as propostas dos melhores fornecedores de soluções de backup corporativo.

A criação da RFP

Depois que você tiver estabelecido completamente sua linha do tempo, seu redator designado poderá começar com a elaboração da RFP, inclusive com a realização de todas as pesquisas necessárias sobre o setor de backup em geral.

Há algumas recomendações que funcionam para quase todos os tipos de solicitação, mas vamos focar nas partes da RFP que são mais adequadas para empresas e soluções de backup e recuperação. Assim como em quase qualquer documento, uma RFP adequada inclui alguns capítulos que apresentam questões diferentes e são tratados de maneira distinta na parte de análise do plano.

Qualquer bom documento profissional deve incluir uma introdução que consiga resumir a ideia geral do documento e estabeleça uma base para a solicitação. Essa parte específica todos os prazos, os requisitos da empresa quando se trata de softwares de backup e recuperação e instruções padronizadas sobre as informações de todo o documento.

A página de visão geral deve permitir que as empresas de backup forneçam informações um pouco mais específicas. Essa parte deve incluir perguntas sobre a estrutura da empresa, a base de clientes alvo, o número de clientes atuais, a descrição geral do produto, as diferenças mais óbvias em relação aos concorrentes, e assim por diante.

Avançando um pouco nas questões mais específicas relacionadas a backups, a página sobre ambientes virtuais deve estar lá para fornecer mais informações sobre as tecnologias e capacidades específicas de uma empresa relacionadas com VMs, desde trabalhos mais comuns de restauração de arquivos individuais e a lista de hypervisors suportados, até alguns recursos muito mais específicos, como deduplicação de dados, compressão de dados, snapshots de VMs, acessibilidade dos logs completos de restauração, a possibilidade de criar backups para VMs em diferentes estados, etc.

Naturalmente, os ambientes virtuais podem não ser os únicos relevantes. Por exemplo, uma página sobre ambientes de containers é outra possibilidade. Essa parte se destina às especificidades do desempenho de uma empresa quando se trata de trabalhar com ambientes de containers, tais como Kubernetes ou Docker. Algumas questões específicas de containers, como visão geral das tecnologias de backup de containers, a quantidade de personalização dos processos de backup e recuperação que está disponível para os administradores e as capacidades de backup e restauração a partir dos ambientes em nuvem, podem ser necessárias.

Além de especificar tudo sobre ambientes virtuais e de containers, é necessário conhecer também as funcionalidades de backup e recuperação para bancos de dados. Essa parte pode incluir perguntas, como a lista de bancos de dados suportados e as tecnologias específicas de backup disponíveis, como a capacidade de deduplicação e compressão, bem como a integração com armazenamento em nuvem e assim por diante.

Ferramentas administrativas também precisam ser analisadas. Essa parte visa identificar o processo exato para criar uma tarefa de backup ou restauração usando as ferramentas de uma empresa, bem como outras especificações administrativas e analíticas, tais como a interface web da solução, o conjunto básico de funções administrativas e permissões disponíveis, a extensão das capacidades analíticas e de relatórios incorporados, suporte à migração de dados, e muito mais.

As tarefas administrativas podem ser desempenhadas de maneira diferente, com base no sistema operacional do cliente. É por isso que deve haver páginas separadas sobre as funcionalidades baseadas em Windows e Linux de uma solução específica. Uma página para o ambiente Windows, por exemplo, deve ser capaz de especificar o suporte da solução para vários recursos, como EFS, VSS, recuperação bare metal, opções P2V/V2P, suporte para o sistema UEFI com boot seguro, funcionalidades LDAP e AD, etc. Por outro lado, a página para o ambiente Linux deve especificar as distribuições Linux que são suportadas pela solução, as funcionalidades da solução quando se trata de particionamento, recuperação bare metal, criação de ISO, clonagem de máquinas, e assim por diante.

Naturalmente, não se deve esquecer da acessibilidade da solução de backup e recuperação, o que significa que um cliente deve conhecer as plataformas e endpoints específicos que podem ser protegidos com essa solução específica, tais como cliente móvel, FreeBSD, HP-UX, Solaris, etc.

Embora algumas das questões gerais relacionadas com a mídia de armazenamento já pudessem ter sido mencionadas, geralmente é muito importante se aprofundar na capacidade de armazenamento da solução em questão. Exemplos disso poderiam ser a lista dos provedores de armazenamento em nuvem que são suportados pelo software específico, os custos típicos de restauração a partir da nuvem, se há suporte para backup em fita, se há suporte para qualquer dispositivo de armazenamento alimentado por NDMP, se há uma capacidade de restauração mais rápida a partir de dispositivos NAS, e muito mais.

O fim da RFP é mais adequado para questões menos relacionadas com o armazenamento, como a política e segurança da empresa quando se trata de armazenamento de backup. Um exemplo disso pode ser o suporte para backups incrementais/diferenciais, funcionalidades de agendamento de tarefas, suporte para esquemas de backup “sempre incrementais”, suporte para proteção de dados EFS, funcionalidades de detecção de corrupção de dados, funcionalidades de criptografia, e assim por diante.

E também não vamos esquecer dos tópicos de sucesso do cliente e modelos de licenciamento. A página sobre o sucesso do cliente especifica aspectos técnicos, como tempo de implementação, a extensão da documentação fornecida, horários padrão e estendido do suporte, tempos médios de espera e resposta, se há algum representante de suporte para clientes importantes, e mais. O modelo de licenciamento, por outro lado, trata de descobrir a forma de monetização do software de backup, incluindo a possibilidade de trabalhar sob o modelo de assinatura, de comprar uma licença vitalícia, de um licenciamento de dados ilimitado, licenciamento sem CPUs, e outros.

Preparativos para o processo de avaliação

Uma vez que a RFP esteja pronta e revisada pelas partes interessadas, é hora de distribuí-la aos potenciais fornecedores a partir da lista dos softwares de backup em potencial. Na maioria das vezes, é recomendável usar uma página da internet que mantenha todas as informações necessárias sobre a empresa com uma versão para download da sua RFP. Você também pode enviar e-mails para os fornecedores em potencial que lhe interessam e vinculá-los à página previamente discutida. Prazos relevantes e informações de contato também devem ser devidamente fornecidos.

Avaliação e negociações

Evidentemente, o processo de avaliação não se resume à escolha manual de uma das soluções, depois de passar por cada uma delas. Para facilitar o processo, é recomendável preparar também um modelo de avaliação para tornar a decisão muito mais fácil.

Esse modelo de avaliação deve possuir uma pontuação de importância designada para cada recurso e, com base nisso, os revisores precisam decidir se cada uma das respostas para as partes da RFP é funcional, incompleta ou inexistente. Cada “funcional” significa dois pontos, cada “incompleta” é um ponto, e cada “inexistente” significa zero pontos para a empresa.

A pontuação total da avaliação tornaria mais fácil para as partes interessadas fazer a escolha correta no que diz respeito à solução de backup e recuperação.

Na maioria das vezes, só ficam restando duas ou três soluções adequadas depois que o processo de avaliação é concluído. Nesse ponto, é recomendável se reunir pessoalmente com os representantes dessas soluções para ter uma melhor compreensão de cada uma de suas vantagens e deficiências.

Evidentemente, todo esse processo não está terminado depois que você tiver tomado a decisão, pois a assinatura do contrato também é considerada um processo da RFP. A solicitação de proposta é considerada concluída assim que o acordo for finalizado e o contrato for assinado.

Lista dos melhores softwares de backup

Sabemos que nem todos podem optar pelo processo de RFP, já que ele é bastante complicado. Então, para essas pessoas, nós preparamos uma lista com as 15 melhores soluções de backup corporativo:

1. Rubrik

Rubrik landing page

O Rubrik é um dos melhores fornecedores de backup e recuperação no mercado, e sua especialização são os ambientes híbridos de TI. O Rubrik Cloud Data Management (RCDM) é uma criação própria da empresa que torna a proteção de dados e a integração de nuvens muito mais fácil. Naturalmente, eles também têm sua própria plataforma de gerenciamento de dados chamada Polaris. O Polaris consiste no Polaris GPS, que serve para o gerenciamento de políticas e relatórios, e o Polaris Radar, que se destina à detecção e reabilitação de ransomwares.

Infelizmente, nada é perfeito, inclusive o Rubrik. Alguns usuários têm relatado certos problemas consideráveis aqui e ali, como o custo da VM, proteção de apps para empresas menores, a falta de controle granular sobre AD e assim por diante.

2. Unitrends

Unitrends landing page

Quando se trata de soluções de backup para Hyper-V e VMware, o Unitrends é sempre uma opção. Primeiro de tudo, ele é gratuito para os primeiros 1 TB de dados, e possui várias edições (free, essentials, standard, enterprise e enterprise plus) para diferentes necessidades e limites de dados. Outros recursos da solução de backup do Unitrends incluem recuperação instantânea de VM, capacidade de compressão de dados, serviço de detecção de ransomware, proteção de arquivos virtuais e físicos, e, é claro, suporte comunitário.

3. Veeam Backup & Replication

Veeam landing page

Se o assunto for ambientes virtuais, então o Veeam pode ser nossa primeira escolha, pois ele possui tecnologias de ponta que permitem uma recuperação de dados flexível e rápida exatamente quando você precisa. A solução tudo em um deles é capaz tanto de proteger seus ambientes virtuais VMware vSphere/Hyper-V, quanto de fazer tarefas básicas de backup e recuperação. A escalabilidade da solução também é bastante impressionante, assim como o número de recursos específicos, como deduplicação, recuperação instantânea a nível de arquivo, e assim por diante. O modelo de distribuição do Veeam também não é exatamente complexo: há várias versões com diferentes preços e recursos.

4. Bacula Enterprise

Bacula Enterprise landing page

O Bacula Enterprise é um software confiável de backup e recuperação que apresenta várias funções, como backup, recuperação, proteção de dados, e muito mais. Ele disponibiliza um alto nível de segurança e é voltado principalmente para grandes e médias empresas. O Bacula oferece uma extensa variedade de recursos, desde vários tipos de armazenamento e fácil configuração, até baixos custos de implantação e tempos extra rápidos de recuperação de dados. Ele funciona com a maioria das distribuições Linux populares (Debian, Ubuntu, etc.), e muitos outros sistemas operacionais, como Microsoft, MacOS X, Solaris, entre outros. O Bacula também tem uma arquitetura modular única que ajuda a protegê-lo contra ransomwares e outros ataques. Ele oferece uma escolha (ou combinação) tanto de linha de comando, como de GUI’s baseadas na Web. Ele também possui uma variedade muito forte de recursos de segurança, e muitas tecnologias adicionais de alto desempenho, tais como deduplicação avançada, compressão e níveis extras de backup. O modelo de licenciamento também evita a cobrança por volume de dados, o que o torna especialmente atraente para MSPs, ISVs, Empresas de Telecomunicações, estabelecimentos militares e de pesquisa, grandes data centers e organizações governamentais.

5. Acronis Cyber Backup

Acronis landing page

O Acronis é um conhecido concorrente no mercado, e seu software Cyber Backup acompanha os padrões da empresa, oferecendo uma solução de backup segura e eficaz para múltiplos casos de uso. O Acronis pode ajudar você a proteger suas informações de uma grande variedade de ameaças, inclusive falhas de software, problemas de hardware, ataques cibernéticos, acidentes, e assim por diante. Ele também possui vários outros recursos interessantes, como monitoramento e relatórios detalhados, minimização do tempo de inatividade do usuário, a capacidade de assegurar se um backup é autêntico ou não, e assim por diante.

6. Cohesity

Cohesity landing page

O Cohesity é mais uma solução “tudo em um”, capaz de funcionar tanto com aplicações regulares, quanto com VMs, e sua escalabilidade é bastante impressionante, pois é promovida pela sua própria estrutura de agrupamento com nós. Ele pode manter backups com formatos app-native e usar protocolos NAS para manipular uma grande variedade de tipos de dados. Sua velocidade de restauração de dados também é boa. Infelizmente, o modelo de preços não é tão flexível e alguns objetivos específicos, como a recuperação granular do MS Exchange ou SharePoint, só são disponibilizados por módulos separados que você terá que pagar.

7. MSP360 (antigo Cloudberry Lab)

MSP360 landing page

O MSP360 é uma conhecida solução de backup e recuperação multiplataforma, que oferece integrações com a maioria dos grandes provedores públicos de armazenamento em nuvem, tais como AWS, Azure, Google, etc. As capacidades de backup do MSP360 são vastas e variadas, incluindo tanto backups baseados em imagem, quanto em nível de arquivo, recuperação de desastres em nuvem, criptografia de alto nível e compressão de dados. Ele também funciona com sistemas operacionais Mac, Windows e Linux, proporcionando um nível sem precedentes de proteção e capacidade de recuperação de desastres.

8. IBM Spectrum Protect

IBM Spectrum landing page

O objetivo primordial do IBM Spectrum Protect é tornar a proteção de dados tão simples quanto possível, não importando o tipo de armazenamento ou de dados. Ele também possui vários recursos diferentes, como tarefas básicas de backup e recuperação, recuperação de desastres, restauração bare metal, e assim por diante. A solução em si é baseada em um ambiente virtual sem agentes e pode funcionar bem tanto com ambientes VMware, quanto Hyper-V. O modelo de licenciamento se baseia na cobrança por TB gasto, independentemente do tipo de dados, o que o torna mais barato para alguns casos específicos onde se é necessário processar uma grande quantidade de dados.

9. Dell EMC Data Protection Suite

Dell EMC landing page

O Dell EMC é uma solução abrangente de proteção de dados que deve funcionar para a maioria das empresas de qualquer porte. Os níveis de proteção de dados são variados, a interface de usuário permite uma fácil visualização, e a tecnologia integrada de proteção contínua de dados (CDP) permite tempos de recuperação rápidos para ambientes de VMs. Há também uma série de diferentes aplicações no pacote, como o backup separado em nuvem, suporte para vários tipos de armazenamento, isolamento/recuperação/automatização de análise de dados, e assim por diante.

10. Backblaze

Backblaze landing page

Enquanto alguns serviços oferecem uma infinidade de recursos caso a caso, o Backblaze é mais uma solução de backup simples e que funciona como deveria. Sua capacidade de armazenamento é ilimitada, tanto Windows quanto Mac são suportados, e ele pode ser usado por empresas e usuários individuais para uma variedade de finalidades. Alguns dos recursos básicos que o Backblaze fornece incluem, mas não se limitam a: agendamento de backup, versionamento, pesquisa de backup, backups sem limite de velocidade, etc.

11. Vembu BDR Suite

Vembu landing page

A complexidade da proteção de dados é um dos principais pontos da solução do Vembu, e eles afirmam poder trabalhar com empresas de qualquer porte. Sua lista de recursos também é bastante extensa, tendo backup para VMware, backup para Windows Image, backup de aplicativos, replicação de dados, e assim por diante. Seu tempo de configuração é menor do que o de muitos de seus concorrentes, e a capacidade geral de resposta do sistema é elogiada por muitos usuários. No entanto, às vezes isso pode ficar um pouco complicado demais, e alguns usuários acham isso bastante irritante.

12. Veritas Backup Exec

Veritas landing page

Se você está procurando uma empresa com uma longa história, o Veritas pode ser do seu interesse, pois possui várias décadas de sucesso empresarial. Suas capacidades de backup e recuperação são bastante amplas, com governança da informação, gestão de dados em nuvem e outras funções novíssimas em folha. Você pode escolher entre a versão implantável da solução deles ou o aparelho integrável. O Veritas é a opção favorita de empresas legadas mais antigas que preferem serviços que já provaram sua qualidade com o passar do tempo. No entanto, os usuários relatam que há alguns problemas com a capacidade de escalonamento do hardware, bem como outras pequenas falhas aqui e ali.

13. NAKIVO

Nakivo landing page

O Nakivo Backup & Replication é outro concorrente na lista que é desenvolvido por uma empresa muito maior. Sua solução de backup é confiável, rápida e pode funcionar tanto com ambientes de nuvem quanto físicos, oferecendo proteção de dados de nível corporativo e todo um pacote de outros recursos. Alguns desses recursos são: recuperação de arquivos sob demanda, backup incremental para diferentes plataformas, backups com tamanhos menores, desempenho geral impressionante, e tudo isso organizado em uma interface de usuário agradável e fácil de usar.

14. NetApp SnapCenter

NetApp SnapCenter landing page

O poder do NetApp é a sua disponibilidade: com mais de 150 escritórios em todo o mundo, ela é capaz de fornecer muito suporte local. Ele possui uma série de diferentes funções de backup e recuperação, com a capacidade de acessar seus dados através do seu notebook ou até mesmo do celular. Ele tem uma interface centralizada para suas tarefas de monitoramento, agendamento e registro, e uma grande variedade de tipos de dados são suportados, desde aplicativos e bancos de dados, até servidores MS Exchange, VMs, e assim por diante. Seus tempos de resposta são bons, e de acordo com as avaliações dos usuários, a centralização é bastante útil. Mas também há alguns problemas com a experiência do cliente aqui e ali, bem como preocupações em relação a exaustividade da documentação.

15. Commvault

Commvault landing page

O Commvault tem tudo a ver com a aplicação de tecnologias de ponta de suas soluções de backup e recuperação para proporcionar a melhor experiência possível com vários tipos de arquivos, fontes de dados, tipos de backup e locais de armazenamento. O Commvault é conhecido por seus precisos backups para VMs, bancos de dados ou endpoints, recuperação de VMs, backup de dados não estruturados, transferência de dados, etc. O Commvault pode se integrar com mais de uma dúzia de provedores de armazenamento em nuvem, incluindo VMware, AWS, Azure, e muitos outros. Por outro lado, de acordo com algumas avaliações dos clientes, há algumas áreas que precisam ser trabalhadas, como a facilidade da UI.

16. Datto SIRIS

datto siris landing page

Tendo a simplicidade como princípio fundamental, o Datto SIRIS oferece uma solução chamada Business Continuity and Disaster Recovery (BCDR), que é destinada aos Provedores de Serviços Gerenciados para melhorar sua produtividade, minimizando a perda de dados e o tempo de inatividade. Os principais recursos do Datto são backups locais com um repositório baseado na nuvem e uma completa recuperação de desastres a partir dessa mesma nuvem. A solução em si é um portal em nuvem que facilita a interação regular dos MSPs com os dados de seus clientes. O Datto SIRIS é uma solução flexível e escalável para diferentes tipos de clientes, oferecendo uma variedade de recursos e vantagens, incluindo várias tecnologias patenteadas, como varredura de ransomware, verificação de screenshot e muito mais.

17. Asigra

asigra landing page

O Asigra está no mercado há um bom tempo, construindo sua reputação ao longo de mais de trinta anos de experiência na área. Agora, o Asigra fornece uma solução de recuperação de dados para seus clientes ao redor do mundo, através de uma ampla rede de parceiros, com serviços de backup e recuperação em nuvem para diferentes tipos de implantação. O Asigra é um software de recuperação sem agentes de nível corporativo que suporta não apenas servidores e bancos de dados, mas também VMs, dispositivos endpoint, aplicações, e muito mais. Ele também pode eliminar data silos de backup, reduzir RTOs e exigir uma garantia de recuperação assegurada em qualquer caso.

18. Carbonite Endpoint

carbonite endpoint landing page

Assim como o nome sugere, o Carbonite Endpoint tem tudo a ver com a proteção dos dados de endpoints: informações que residem nos smartphones, tablets, computadores e notebooks dos usuários. O Carbonite usa várias tecnologias diferentes, tais como deduplicação global e backup a nível de arquivo, para melhorar a velocidade de recuperação de dados e administrar a largura de banda dos processos de backup e recuperação. Ele também pode interagir com servidores e discos rígidos externos, oferecendo muito em segurança para os seus dados, sem pagar em excesso por eles. A solução em si é bastante fácil de usar e oferece uma ótima oferta em questão de preços pelo seu conjunto de recursos.

19. Druva

druva landing page

Agora, é bastante comum as empresas terem seus dados espalhados por centenas de dispositivos diferentes, por conta da mobilidade da força de trabalho e pelo rápido aumento de vários serviços de computação em nuvem. Infelizmente, essa mudança também torna bastante difícil assegurar que cada um desses dispositivos seja devidamente protegido. Nesses casos, serviços como o Druva Cloud Platform são muito úteis, pois oferecem uma grande variedade de opções de gerenciamento de dados através de diferentes dispositivos e aplicações. A própria plataforma funciona como um serviço e disponibiliza operações de backup e recuperação mais fáceis, melhor visibilidade dos dados, gerenciamento menos complexo dos dispositivos, além de uma grande variedade de operações de regulamentação e compliance.

20. CrashPlan

crashplan landing page

Nem toda solução precisa conseguir trabalhar com grandes empresas com milhares de funcionários: há um enorme mercado de empresas menores que também têm suas próprias necessidades em termos de proteção de dados, backups, e assim por diante. O CrashPlan é uma solução de proteção de dados criada com essa exata finalidade: ajudar empresas com até 200 funcionários. O CrashPlan fornece retenção de arquivos, backups de unidades externas e a capacidade de personalizar o tempo em que seus arquivos apagados devem ser mantidos no sistema. Tudo isso é protegido pela criptografia de dados AES-256 bit com configurações personalizáveis e uma série de recursos para ajudar com diferentes regulamentos.

Sobre o autor
Rob Morrison
Rob Morrison é o diretor de marketing da Bacula Systems. Ele começou sua carreira de marketing de TI na Silicon Graphics, na Suíça, e desempenhou intensamente várias funções de administração de marketing por quase 10 anos. Nos 10 anos seguintes, Rob também ocupou vários cargos de administração de marketing na JBoss, Red Hat e Pentaho, assegurando o crescimento da participação no mercado dessas empresas reconhecidas. Ele é formado pela Universidade de Plymouth e tem um diploma de honras em mídia digital e comunicação, além de ter feito um programa de estudos no exterior.
Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *