Como fazer backup do Kubernetes? Backup e Recuperação para Kubernetes.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
(143 avaliações, média: 4,87 de 5)
Loading...

A primeira solução de backup e restauração corporativo para Kubernetes do mundo

O Bacula Enterprise é a primeira solução de backup e recuperação de nível corporativo do mundo a oferecer backup avançado e automatizado para Kubernetes, com suporte para clusters. Seu módulo de backup e restauração para Kubernetes torna a orquestração de containers mais implementável do que nunca. Esse módulo de backup inclui volumes persistentes, e oferece uma grande variedade de possibilidades de arquitetura.

Esse backup para Kubernetes automatizado é o segundo passo do Bacula nos últimos meses em direção à integração total da orquestração. Ele está disponível na maioria dos níveis de assinatura do Bacula Enterprise, sem custo adicional por um período limitado de tempo.

Casos de uso do backup para Kubernetes

As pessoas que usam Kubernetes na produção normalmente precisam de uma estratégia real para restaurar e melhorar os clusters. No caso de um cluster chegar a um estado irrecuperável, é necessário um backup do arquivo de configuração e de seus volumes persistentes para voltar ao seu estado estável anterior.

Os backups a nível de cluster do Kubernetes dão às equipes DevOps as ferramentas para fazer o backup e restauração (automaticamente) de todos os seus clusters , além de restaurá-los a um bom estado conhecido com uma única ação para minimizar a interrupção da produção. A Bacula Systems acredita que a velocidade e eficiência das restaurações sempre precisam ser consideradas, mesmo em um ambiente de containers altamente automatizado e resiliente.

Em geral, a solução exclusiva do Bacula Enterprise para backup e recuperação de Kubernetes salvaguarda dados críticos e permite que os desenvolvedores sejam mais produtivos. Ela ajuda a racionalizar o fluxo de trabalho de um ambiente DevOps através da implantação de sistemas de missão crítica. No entanto, há quatro motivos principais pelos quais um departamento de TI provavelmente será capaz de se beneficiar do mecanismo de backup e recuperação do Bacula Enterprise para o seu cluster do Kubernetes implantado.

São eles:

  • Como parte de uma solução para ajudar na recuperação de desastres em caso de falha catastrófica do cluster
  • Para ajudar a replicar um ambiente
  • Para ajudar a migrar os clusters do Kubernetes
  • Ter uma ferramenta de recuperação independente que forneça segurança adicional e separação das funções das ferramentas de automação de cluster e repositório de código

Desafios do Backup para Kubernetes

Como os próprios dados de aplicações em nuvem podem ser classificados como efêmeros, e funcionam usando um conjunto de containers, um bom gerenciamento é necessário. O sistema de gerenciamento mais popular hoje é o Kubernetes (K8s). O núcleo desse sistema, que se chama etcd, armazena todas as informações do estado atual do Kubernetes, bem como informações sobre a configuração do cluster do container, o que significa que qualquer mudança dentro do sistema é refletida nessa parte de etcd.

O primeiro desafio do backup para Kubernetes: como os nós em si são descartáveis e normalmente duram apenas cerca de um dia, seria fácil restaurá-los no caso de um desastre os eliminar. O problema é que os nós restaurados não teriam nenhum dado anterior e precisariam obtê-los do etcd, do qual teria que ser feito um backup frequente e eficiente para que todo o sistema funcionasse corretamente depois que algo acontecesse, já que o etcd em si pode ser comparado a todo o sistema neural do sistema de desenvolvimento, contendo o conhecimento da infraestrutura geral e a colocação de volumes persistentes que têm dados que podem precisar ser armazenados em algum lugar.

O segundo desafio do backup para Kubernetes está ligado à migração de um serviço de nuvem para outro que requer que o sistema de backup seja granular, uma vez que é provável que algumas coisas de uma estrutura anterior de nuvem teriam que mudar se seu novo serviço tivesse uma estrutura diferente. Talvez você não precise restaurar todo o etcd, ou todo o ambiente Kubernetes nesse caso, e é aí que entra a necessidade de ser granular. Outra necessidade de uma tarefa granular pode surgir se uma parte do seu sistema for corrompida no processo de migração ou por qualquer outra razão. No caso, é muito provável que você precisaria apenas restaurar essa parte específica do sistema em vez de regravar tudo para restaurar uma pequena parte.

O atual ciclo de desenvolvimento de aplicações é quem traz à tona o terceiro desafio do backup para Kubernetes: é normal que as aplicações sejam testadas em um ambiente sandbox isolado do resto do sistema (isto é, um ambiente de produção, que já está interagindo com os clientes). Nesse caso específico, esses ambientes (dev e ambientes de testes) teriam que ser “hidratados” com dados da aplicação para fornecer resultados significativos. Esses cenários permitem que containers ou volumes específicos façam backup de um ambiente de produção atual e o restaurem no ambiente de teste, o que significa que será necessário marcar uma parte de sua infraestrutura para fazer backup em um lugar e restaurá-la no outro local ou ambiente.

Recursos do Backup para Kubernetes do Bacula Enterprise

  • Backup da configuração dos recursos do cluster do Kubernetes
  • Possibilidade de restaurar recursos individuais de configuração do Kubernetes
  • Capaz de fazer backup e recuperação de dados persistentes
  • Possibilidade de restaurar a configuração de recursos do Kubernetes para um diretório local
  • Backup e restauração do Kubernetes para volumes persistentes
  • Possibilidade de restaurar os dados de volumes persistentes do Kubernetes para um diretório local

O módulo para Kubernetes do Bacula Enterprise pode fazer backup de uma série de recursos, incluindo:

  • Implantações
  • Pods
  • Serviços
  • Solicitações de volume persistente

Benefícios do Módulo de Backup e Restauração para Kubernetes

  • Backup e restauração de clusters do Kubernetes
  • Restauração rápida dos dados persistentes de um cluster
  • Permite a redistribuição rápida e eficiente dos recursos de um cluster
  • Salva configurações alteradas para promover segurança completa e restaurar exatamente para o mesmo estado
  • Configurações de salvamento para uso com outras operações

Implantação segura e eficiente dos clusters do Kubernetes

Ambientes DevOps efetivos devem ser escaláveis e automatizados sempre que possível. O Bacula Enterprise foi projetado para ser estável, confiável e altamente escalável, e seus módulos de backup de containers têm por objetivo aliviar as cargas de trabalho dos departamentos de TI e DevOps usando Docker, Kubernetes, SUSE, Caas ou Openshift. Isso torna o Kubernetes mais seguro e conveniente do que nunca.

Quer seu ambiente de containers seja usado para migração lift-and-shift de aplicações monolíticas, para refatorar aplicações legadas, ou para construir novas aplicações distribuídas, os desenvolvedores e administradores de sistemas podem usar a avançada tecnologia de backup para Kubernetes do Bacula com um nível extremamente alto de flexibilidade, através da GUI do Bacula ou da interface de linha de comando. Lembre-se, esse alto nível de flexibilidade e possibilidades de personalização são fundamentais para a abordagem do Bacula: equipar o usuário introduzindo uma ampla gama de opções para que ele atinja seus objetivos.

Por que fazer backup de ambientes Kubernetes?

Como o Kubernetes está cada vez mais implantado em ambientes operacionais de missão crítica, as organizações estão se preocupando cada vez mais com o backup e a recuperação dele, e também com a segurança e outras questões de gerenciamento de dados. Inicialmente, a maioria das aplicações em containers eram apátridas, o que permitia que fossem mais facilmente implantadas em uma nuvem pública. No entanto, como as aplicações estatais que requerem acesso a um banco de dados se tornaram conteinerizadas usando o Kubernetes, a necessidade de considerar seriamente esse tipo de backup e recuperação aumentou bastante.

Se o Kubernetes está sendo usado em um ambiente implantado para dar uma nova vida a aplicações monolíticas, para refatorar aplicações legadas ou implementar novas aplicações dinâmicas distribuídas, a necessidade de proteger seus dados estatais permanece. A necessidade de uma organização manter os SLAs, e assegurar que os serviços baseados em containers estejam sempre disponíveis em um estado correto, será sempre uma grande prioridade. Portanto, uma distribuição mínima viável do Kubernetes requer backup e recuperação eficazes dos componentes do cluster e de dados persistentes para viabilizar uma operação produtiva.

Para organizações que operam o Kubernetes em ambientes de produção, o Bacula Enterprise é a primeira plataforma de backup e recuperação empresarial que fornece uma solução de nível corporativo para clusters do Kubernetes implantados, visando fazer backup e recuperar dados consistentemente em todas as suas plataformas.

O Bacula traz benefícios de agilidade aos ambientes de Kubernetes por causa de seu grau extraordinariamente alto de modularidade e flexibilidade. Por exemplo, o Bacula também pode tornar possível a migração de volumes persistentes entre clusters do Kubernetes. Por exemplo, no momento da restauração, você pode especificar outro sistema Kubernetes para fazer a gravação. Por sua vez, essa agilidade oferece às organizações a oportunidade não só de poupar tempo, mas também de reduzir significativamente a complexidade, os custos e o aprisionamento tecnológico.

Muitas organizações implantaram o Kubernetes em pelo menos duas das três maiores nuvens públicas, e também grande parte das que operam containers na Amazon Web Services (AWS), na Google Cloud Platform (GCP) e na Microsoft Azure. A integração nativa do Bacula com essas plataformas de nuvem ajuda a acelerar e facilitar as operações nesses ambientes. O Bacula também ajuda as empresas a evitar que fiquem presas a um único fornecedor, porque além de seu próprio código fonte aberto, ele também possibilita que o Kubernetes seja mais facilmente movido de uma nuvem para outra. O Bacula também instala nuvens híbridas através da sua facilidade de integração com serviços de nuvem privada e pública para suportar tarefas paralelas, integradas ou complementares.

A solução exclusiva de backup para Kubernetes do Bacula inclui não apenas backups de volumes persistentes, mas também de arquivos de configuração.

Processo de Restauração para Kubernetes

O módulo de backup para Kubernetes fornece dois tipos de operações de restauração:

  • Restauração para cluster do Kubernetes
  • Restauração para um diretório local

Para assegurar as melhores práticas de backup e recuperação para ambientes de containers Kubernetes, os dados devem ser automaticamente copiados e os administradores do sistema devem testar regularmente os backups para ter certeza de que eles farão o que for preciso quando a recuperação for necessária.

Selecting a Pod for restore

Função de Listagem de Recursos para o Backup do Kubernetes

O módulo de backup do Bacula Enterprise para Kubernetes suporta o recurso de listagem do Bacula Enterprise 8.x ou mais recente. Esse modo exibe algumas informações úteis sobre os recursos disponíveis do Kubernetes, como por exemplo:

  • Lista de namespaces do Kubernetes
  • Lista de volumes persistentes do Kubernetes

Essa função usa o comando especial .ls com um parâmetro plugin=<plugin>.

Kubernetes Restore Options