Home > A História da Bacula Systems > Glossário > Backup e Recuperação Bare Metal: Definição e tipos

Backup e Recuperação Bare Metal: Definição e tipos

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
(20 avaliações, média: 4,80 de 5)
Loading...
Atualizado 7th janeiro 2023, Rob Morrison

O backup e a recuperação de bare metal podem ser um elemento extremamente importante de sua estratégia de backup e recuperação. Há muitas soluções diferentes disponíveis, cada uma com suas próprias vantagens individuais.

O que é o Backup Bare Metal?

O backup bare metal é um processo de backup dos dados de todo o seu sistema, e não apenas dos dados e configurações do usuário, incluindo drivers, programas, estrutura de informação, até mesmo o próprio sistema operacional.

Esse método possui muitas vantagens, e é por isso que atualmente soluções mais tradicionais de backup de arquivos estão sendo lentamente substituídas por novos tipos de soluções, como o backup bare metal.

Recuperação Bare Metal (ou Restauração Bare Metal)

A outra metade deste tipo de solução é a restauração bare metal (que também é chamada de recuperação bare metal). Ela implica no processo de recuperação de todos os dados de backup para um hardware completamente novo, com todos os ajustes, drivers, OS e outras coisas completamente intactos.

Algumas das maiores vantagens desse tipo de solução são: rapidez, facilidade, segurança, etc.

Por exemplo, a recuperação bare metal pode ser comparativamente rápido, já que não há nenhuma exigência de restaurar um dado em particular, e o processo está realmente restaurando tudo, indo de drivers e registros, até a disposição dos ícones da área de trabalho, excluindo a necessidade de instalar todos os drivers e programas do zero.

 

Esse processo também gera facilidade, pois não há necessidade de gastar seu tempo montando um novo computador com todo o software que ele precisará. Em vez disso, você pode usar apenas recuperação bare metal e restaurar tudo dentro de uma simples operação.

Uma outra vantagem dessa solução é a segurança geral. Se seu sistema estiver infectado com algo (vírus, ransomware, etc.), o uso da restauração bare metal permite que você se livre de tudo o que poderia ter causado essa infecção, inclusive arquivos infectados, backdoors e outras ameaças potenciais ao seu sistema.

O Processo de Realização da Restauração Bare Metal

Normalmente, o processo de restauração de um sistema usando um método de recuperação bare metal implica que você tem ou um pen drive USB bootável (com esse backup já armazenado) ou apenas uma imagem ISO em geral. Essa parte é necessária para que o sistema novo reconheça a imagem e inicie o processo.

  1. Você liga a unidade com sua imagem de sistema que está pronta para uma restauração bare metal em seu computador novo.
  2. A primeira tela lhe aconselhará a escolher um idioma de instalação, um formato de tempo/moeda e um método de entrada.
  3. Agora, a próxima tela se diferencia da usual instalação do sistema. Em vez de clicar num grande botão “instalar agora”, você precisará encontrar uma linha clicável que diga “repare seu computador”.
  4. A próxima janela seria uma escolha entre corrigir um sistema existente ou restaurar um backup de um sistema totalmente diferente. A segunda opção é a que você precisa.
  5. A tela seguinte lhe daria a possibilidade de escolher entre a última imagem de sistema disponível automaticamente selecionada ou alguma outra que você possa escolher manualmente. A opção “recomendada” é a escolha mais óbvia.
  6. Nesta fase, você verá algumas informações sobre o futuro sistema que está restaurando, como data, hora, informações sobre os volumes do sistema que serão restaurados e o nome do computador. Clicando em “pronto” o processo começaria e, depois que o processo estiver terminado e o sistema tiver reiniciado, você está pronto para usar seu dispositivo.

Desvantagens da Recuperação Bare Metal

A maior ressalva dessa solução de backup e restauração é a necessidade de ter exatamente a mesma configuração de hardware no sistema do qual o backup foi retirado e no sistema “bare metal”, ou “de metal puro”, em que será recuperado o referido backup.

Quando se trata de hardware no contexto da recuperação bare metal, há dois grupos principais de peças: dispositivos críticos de inicialização e outros dispositivos.

Algumas partes do sistema podem ser diferentes quando se faz uma restauração bare metal, como uma placa de som, uma placa de captura ou uma placa gráfica, já que elas não fazem parte do processo de inicialização e o sistema pode se carregar sem elas (mesmo que com alguns problemas). Esse “grupo” implica que, se necessário, você pode instalar drivers para esses dispositivos depois que o processo de restauração bare metal for feito e o sistema estiver em funcionamento.

Os dispositivos críticos para os boots são uma coisa totalmente diferente. Partes de hardware como CPU, controlador de HDD ou placa mãe, precisam ser as mesmas para ambos os sistemas, para que assim os drivers combinem e para que o próprio sistema inicialize adequadamente. A incapacidade de combinar essas partes não permitiria que o sistema inicializasse.

Sobre o autor
Rob Morrison
Rob Morrison é o diretor de marketing da Bacula Systems. Ele começou sua carreira de marketing de TI na Silicon Graphics, na Suíça, e desempenhou intensamente várias funções de administração de marketing por quase 10 anos. Nos 10 anos seguintes, Rob também ocupou vários cargos de administração de marketing na JBoss, Red Hat e Pentaho, assegurando o crescimento da participação no mercado dessas empresas reconhecidas. Ele é formado pela Universidade de Plymouth e tem um diploma de honras em mídia digital e comunicação, além de ter feito um programa de estudos no exterior.